domingo, 11 de maio de 2008

Chuva

....eu estou jogado neste chão imundo
Esperando por você.....
Mas eu sei que estarei sozinho
Pois você arrancou meu espiríto.....
E o destruiu com suas próprias mãos
Você era meu anjo....
Minha guardiã....
E nessa chuva tenebrosa,marcada por espectros passados
Eu consigo enxergar a verdadeira face....daquela que um dia jurei amar
Não consigo respirar....
Não posso me levantar.....
nem mesmo esta chuva consegue levar ....
as impurezas deixadas pelo teu amor.....
Você apenas fica aí a me olhar,com um maldito sorriso....
Enquanto eu fico aqui largado....ninguém virá me ajudar....

Um comentário:

Debby disse...

Q isso hein?!

Tá moh xonado aí!

rsrsrs

Mas o melhor (ou pior) do amor não correspondido é a inspiração que ele nos proporciona, estilo Álvares de Azevedo... hehe

OBS: VERIFICAÇÃO DE PALAVRAS: cuh
Digite os caracteres exibidos na imagem acima.

¬¬"